Português

Printable version of the article  
Send this article by mail  
 
 

Papers published in Portuguese in scientific journals

  • BARROSO João, CARVALHO Luis Miguel, FONTOURA Madalena & NATERCIO Afonso (2007), As Políticas Educativas como objecto de estudo e de formação em Administração Educacional, Sísifo, Revista de ciencias da educação, 4, 5-20. (Download)
  • BARROSO João (2009), Apresentação do Dossier ‘Conhecimento e Política’. Educação e Sociedade, Campinas, 30, 109, 951-958. (Download)
  • BARROSO João (2009), A utilização do conhecimento em política: o caso da gestão escolar em Portugal. Educação e Sociedade, Campinas, 30, 109, 987-1007. (Download)
  • BARROSO João (2009), Da governação do sistema à governação das escolas. Cinco ideias que dominaram as políticas educativas nos últimos vinte anos. In: Ferreira, H. et alli Investigar, Avaliar, Descentralizar. Actas do X Congresso da Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação. Bragança: Instituto Politécnico de Bragança. (CD-Rom).
  • BERENYI Eszter & NEUMANN Eszter (2009), Competir com o PISA. Recepção e tradução no discurso político húngaro, Sisifo, Revista de Ciências da Educação, 10. (Download)
  • CARVALHO Luis Miguel (2009), Governando a educação pelo espelho do perito: uma análise do PISA como instrumento de regulação, Educação e Sociedade, Campinas, 30, 109, 1009-1036. (Download)
  • CARVALHO Luis Miguel (2009), PISA: Movimentos e mudanças. Uma introdução a PISA e as políticas públicas de educação, Sisifo, Revista de Ciências da Educação, 10. (Download)
  • CARVALHO Luis Miguel (2007), Acerca do papel do conhecimento nas políticas públicas de educação: inquirindo instâncias e actores de mediação, Revista Contemporânea de Educação, 2, 4. (Download)
  • CARVALHO Luis Miguel & FIGUEIREDO Carla (2012), Configurações de conhecimento e política na regulação da educação sexual em meio escolar, Educação, Sociedade & Culturas, nº 34, 67-88. (Download)
  • CARVALHO Luis Miguel (2011), Multiregulação, comparações internacionais e conhecimento pericial, in Duarte Adriana & Oliveira Dalila Andrade (org), Políticas Públicas e Educação: regulação e conhecimento, Fino Traço Editora, 183-206. (Abstract)
  • CARVALHO Luis Miguel & COSTA Estela (2011), Fabricando o Espelho do Perito: a construção de conhecimento pericial no mundo PISA, in Carvalho Luís Miguel (Org.). O Espelho do Perito: Inquéritos internacionais, conhecimento e política em educação – o caso do PISA, Fundação Manuel Leão, 37-72 (Abstract)
  • CARVALHO Luis Miguel, COSTA Estela & NATERCIO Afonso (2011), O PISA em seis contextos europeus: difusão e indigenação, in Carvalho Luís Miguel (Org.), O Espelho do Perito: Inquéritos internacionais, conhecimento e política em educação – o caso do PISA, Fundação Manuel Leão, 123-148 (Abstract)
  • CIBELE FIGUEIREDO Carla (2007), Redes sociais e políticas: o papel dos pais na genealogia das políticas públicas de educação sexual, Sísifo, Revista de ciencias da educação, 4, 93-100 (Download)
  • COSTA Estela (2007), Contributos para uma análise cognitiva da política de avaliação de professores, Revista de ciencias da educação, 4, 47-56. (Download)
  • COSTA Estela & NATERCIO Afonso (2009), Os instrumentos de regulação baseados no conhecimento: o caso do PISA, Educação e Sociedade, Campinas, 30, 109, 1037-1055. (Download)
  • COSTA Estela (2010), Em torno da recepção de um instrumento de regulaçaõ baseado no conhecimento - O que nos dizem os decisores políticos sobre o PISA, in Investigar, Avaliar, Descentralizar – Actas do X Congresso da SPCE (CdRom): 6_Cmcs_AT2_Organização e Administração Educação: Regulação - Mesa nº19 - Comunicação nº118. Bragança: SPCE e ESE/IPB.
  • COSTA Estela (2011), O PISA na literatura científica: um caso de propagação, recriação e contestação de conhecimento, in Carvalho Luís Miguel (Org.), O Espelho do Perito. Inquéritos internacionais, conhecimento e política em educação – o caso do PISA. Fundação Manuel Leão. , 73-102 (Abstract)
  • COSTA Estela & NATERCIO Afonso (2011), A circulação e o uso do PISA em Portugal: o que dizem os políticos, in Carvalho Luís Miguel (Org.), O Espelho do Perito. Inquéritos internacionais, conhecimento e política em educação- o caso do PISA. Fundação Manuel Leão. pp. 103-122 (Abstract)
  • DE MATOS RIBEIRO João Carlos (2007), A construção do papel do Presidente da Escola na regulação local das políticas públicas de educação, Sísifo, Revista de ciencias da educação, 4, 57-64. (Download)
  • DELVAUX Bernard (2009), Qua é o papel do conhecimento na acçao pública?, Educação & Sociedade, 30, 109, 951-958. (Download)
  • FREIRE DA CRUZ Clara (2007), Conselhos Municipais de Educação: política educativa e acção pública, Sísifo, Revista de ciencias da educação, 4, 65-74. (Download)
  • GREK Sotiria, LAWN Martin & OZGA Jenny (2009), O PISA e o debate das políticas na Escócia. As narrativas políticas sobre a participação escocesa na comparação internacional, Sísifo, Educational Sciences Journal, 10. (Download)
  • JEGUNDO SIMOES Graça Maria (2007), A Auto avaliação das escolas e a regulação da acção pública em educação, Sísifo, Revista de ciencias da educação, 4, 39-46. (Download)
  • KISS Adél, FEJES Ildiko & BIRO Zoltan A. (2009), Alguns aspectos e considerações sobre as avaliações do PISA na Roménia, Sisifo, Revista de Ciências da Educação, 10. (Download)
  • LOPES José Hipólito (2007), As Autonomias Imaginadas: a Autonomia como referencial da acção pública em educação, Sísifo, Revista de ciencias da educação, 4, 21-28. (Download)
  • MACEDO FARIA João (2007), A Vez e a Voz dos Pais — O associativismo parental em tempo de governança, Sísifo, Revista de ciencias da educação, 4, 85-92. (Download)
  • MANGEZ Eric & CATTONAR Branka (2010), A posição do PISA na relação entre a sociedade civil e o sector educativo na Bélgica francófona, Sisifo, Revista de Ciências da Educação, 10. (Download)
  • MONS Nathalie & PONS Xavier (2009), A recepção do PISA em França. Uma abordagem cognitiva do debate institucional (2001 – 2008), Sisifo, Revista de Ciências da Educação, 10. (Download)
  • NATERCIO Afonso & COSTA Estela (2009), A influência do Programme for International Student Assessment (PISA) na decisão política em Portugal. O caso das políticas educativas do XVII Governo Constitucional Português, Sisifo, Revista de Ciências da Educação, 10. (Download)
  • NATERCIO Afonso & COSTA Estela (2011), Avaliação externa das escolas: um instrumento de regulação baseado no conhecimento In J. Barroso & Afonso Natércio (Org.). As políticas educativas em Portugal: mobilização de conhecimento e modos de regulação. Fundação Manuel Leão. (forthcoming)
  • PIRES Carlos (2007), A Construção de Sentidos em Política Educativa: o caso da Escola a Tempo Inteiro, Sísifo, Revista de ciencias da educação, 4, 75-84. (Download)
  • RUFINO César (2007), Avaliação interna das escolas e circulação de políticas públicas num espaço educacional europeu, Sísifo, Revista de ciencias da educação, 4, 29-38. (Download)

© 2011 Knowandpol Designed and Powered by platanas